Crítica: Radioactive (2019, de Marjane Satrapi)

Movida por uma mente brilhante e uma grande paixão, Marie Curie embarca em uma jornada científica com o marido, Pierre, para explicar elementos radioativos até então desconhecidos. Logo se torna evidente que seu trabalho pode levar salvar milhares de vidas se aplicado na medicina – ou destruir bilhões se for usado na guerra. Leia mais… »