Crítica: A Vila (2004, de M. Night Shyamalan)

Talvez um dos fatores que mais contribuíram para a incompreensão desse filme seja o fato da alta expectativa criada pelo público depois do grande sucesso O Sexto Sentido do mesmo diretor. Talvez os fãs esperassem um novo final impactante e uma reviravolta tão bem sucedida com tal. Mas, há muito o que ser analisado para formar uma Leia mais… »

Ninho de Musaranho (2014, de Esteban Roel e mais)

O cinema espanhol, principalmente em produções de suspense vem se destacando nos últimos anos. Um Contratempo, O Corpo, e Durante a Tormenta (crítica aqui) são exemplos de filmes bem conhecidos e que se tornaram obras relevantes. Entretanto, vamos falar sobre um filme menos conhecido do público geral, mas de extrema qualidade: Ninho de Musaranho. Um Leia mais… »

Crítica: MA (2019, de Tate Taylor)

A linha de produções de suspense/terror tem seu crescimento anual em forma decorrente. São fórmulas em muitas vezes já batidas, mas que acompanhamos para verificarmos algo interessante e de certa forma diferente. Será que MA, dirigido pelo excelentíssimo Tate Taylor, pode transmitir isso?  É o que vamos analisar a partir de agora… Uma premissa simples Leia mais… »

Encaixotando Helena ( 1993, de Jennifer Lynch)

* Contém pequenos spoilers* Com certeza, alguns se lembraram desse filme, por conta  da antiga  sessão Cine Privé, exibido pela televisão aberta, no início de 1990, pela rede Bandeirantes. Eram alvos dessa cinematografia filmes que possuíam em seu conteúdo o erotismo e a sensualidade, quase se tornando um filme para maiores.  Pois bem, esse é Leia mais… »

O Animal Cordial (2018, de Gabriela Amaral Almeida)

* Contém pequenos spoilers* Sabe-se muito bem que por parte de muitas pessoas, existe a desafeição pelo cinema nacional. Porém, encontra-se no mercado muita qualidade em nossas produções. Umas dessas, chama-se O Animal Cordial, uma obra rica, impactante, que estará na sua memória por mais tempo que imaginas.  É verdade que nos últimos anos, a Leia mais… »

O Segredo do Lago Mungo (2008, de Joel Anderson)

Seria capaz uma produção australiana de 2008 de um estilo muito conhecido  como o found-footage, te perturbar? Admito que não é de meu hábito assistir filmes nesse gênero,  porém dada a proporção de diversidade, dei uma chance ao cujo dito e me agradou muito. A história é baseada na investigação da morte acidental de Alice Leia mais… »

Crítica: Mandy: Sede de Vingança (2018, de Panos Cosmatos)

*contém um pequeno spoiler* Uma filmografia psicodélica com traços de Mad Max e Hellraiser misturados. Talvez essa seja a melhor breve definição de Mandy: Sede de Vingança. Prepare a pipoca, pois essa é uma análise de uma viagem alucinógena, sem volta. Preparados? Antes de tudo começar já temos uma bela inquietação pelas cores utilizadas, tons de Leia mais… »

Crítica: Slasher: Solstício – 3ª temporada (2019, de Adam MacDonald)

Depois de uma segunda temporada bem bacana, Slasher volta com uma nova temporada na Netflix. Novamente a série promete comoção e muita diversão para os fãs do gênero. Sempre é importante lembrar que se trata de uma série antológica, ou seja, não existe nenhuma ligação entre uma temporada e outra. Mas, chega mais, vamos falar Leia mais… »

Crítica: Calibre (2018, de Matt Palmer)

Se fosse para descrever e analisar o filme com poucas palavras as escolhidas seriam: paranóia, tensão, casualidade e angústia. Essas emoções são bem sentidas ao longo do filme, porém o que mais assusta é a questão da casualidade, pois parte de um evento casual  gerando uma situação extrema e uma mudança real nos personagens principais.  Leia mais… »

Crítica: Ele Está Lá Fora (2018, de Quinn Lasher)

Recentemente, a Netflix adicionou um novo filme de terror ao seu catálogo. Sabemos que o gênero não possui muitos filmes de renome e muito menos que agradem o público, fora algumas ressalvas. Ele Está Lá Fora é mais uma novidade, mais um daqueles filmes desconhecidos,  mas será que é bom? Antes dessa resposta, vamos a história.  Leia mais… »