Especial: Stephen King

Certamente
o americano
Stephen King, nascido em
1947, é um dos autores com maior número de adaptações de obras literárias para a
telona ou para a tv da atualidade.


Como
King se transformou numa celebridade no show business?

Para
responder esta pergunta, é necessário mergulharmos um pouco na vida de King e
conhecer suas influências e suas obras.


King
viu seu pai abandonar a família (esposa e 2 filhos) quando tinha apenas 2 anos de
idade, e isto influenciou diretamente seu desenvolvimento, pois a família King
mudava constantemente de cidade por causa da dificuldade financeira.

Quando
garoto era um aficionado por quadrinhos de terror, é daí que vem sua preferência
pelo gênero. Uma ideia refutada pelo próprio King é de que sua obsessão pelo
terror teria vindo de ter assistido a um acidente de um amigo, onde o mesmo foi
atropelado por um trem.

O
primeiro registro que se tem de um manuscrito de King, foi aos 13 anos de idade,
que veio a ser rejeitado. Contudo, no mesmo ano publicou seu primeiro conto: In A Half-World Of Terror, numa fanzine
de terror.

Stephen
fez sua primeira venda profissional de contos The Glass Floor para a Startling
Mystery Stories
em 1967. Casou-se com a escritora Tabitha Spruce em 1971, e durante os primeiros anos de seu
casamento continuou a vender histórias para revistas masculinas.

Em
1973, graças a sua esposa, sua vida mudou radicalmente. Escrevia as primeiras
páginas da história de uma garota esquisitona, porém por não ter gostado, jogou
o manuscrito fora. Tabitha recolheu do
lixo e incentivou o marido a continuar com a história, e mais uma vez o “sexto
sentido” da mulher acertou, nascia Carrie
que veio a ser o 1º. romance a lhe render um bom dinheiro, de início U$ 2,5
mil dólares e posteriormente U$ 200 mil dólares.

Contudo, pouco antes da obra ser lançada sua mãe faleceu, o que fez com que King caísse
em depressão e se tornasse dependente do álcool.


Durante
este período, King escreve um de seus melhores livros: The Shinning, que viria ser a inspiração para a obra-prima do
cinema suspense, cujo protagonista foi inspirado no próprio King e vivido no
cinema por nada menos que Jack Nicholson.


Os
ano 80 batiam à porta, com o lançamento dos filmes
Carrie dirigido pelo jovem diretor Brian De
Palma
e The Shinning dirigido pelo gênio Stanley Kubrick, King se tornava uma
celebridade,
e suas obras eram
vistas de forma diferente a partir de então.


Não
demorou muito para que outras de suas obras fossem adaptadas para as telas. Ao
todo são 60 adaptações para o cinema e 28 adaptações para a tv, entre elas
estão:

1976 – Carrie
1980 – The Shining (O Iluminado)
1982 – Creepshow (Creepshow – Arrepio de Medo)
1983 – The Dead Zone (Na Hora da Zona Morta)
1984 – Children of The Corn (Colheira Maldita)
1986 – Maximum Overdrive (Comboio do Terror)
1986 – Stand By (Conta Comigo)
1989 – Pet Sematary (Cemitério Maldito)
1990 – Misery (Louca Obsessão)
1990 – It (It – A Coisa)
1994 – The Shawshank Redemption (Um sonho de Liberdade)
1999 – The Green Mile (À Espera de Um Milagre)
2004 – Secret Window (Janela Secreta)
2007 – The Mist (O Nevoeiro)

2017 – The Dark Tower 2017 (A Torre Negra)


Hoje, King se é mais do que um escritor de terror. Ele se tornou um grande sucesso comercial, com dezenas de premiações
mundo a fora, suas obras são garantia de vendas, já atingiu a marca 400 milhões
de livros vendidos, é um dos autores mais traduzidos no mundo. King se tornou uma
marca poderosa no mundo do entretenimento, possui até uma radio de rock (WKIT) via internet, entre outros
produtos ligados ao seu nome, além de ser roteirista e diretor de diversas adaptações
de suas obras, gerando milhões de dólares no cinema.

Os números de King:
Obras literárias publicadas
: 90
Adaptações para o Cinema:
60
Adaptações para a Tv: 28
Faturamento anual com
livros: U$ 28 milhões

Faturamento médio por
filme adaptado : U$ 26 milhões 


Curiosidades King:
O primeiro papel de John Travolta no cinema foi em Carrie.

King não gostou da
adaptação de The Shining, gerando
atritos com Kubrick.

Atua pela 1ª vez em uma de
suas adaptações no filme Creepshow
de 1982.
Estreia como diretor em
1986, com o filme adaptado Maximum
Overdrive
.

Ainda hoje, King tem que explicar
que o filme The Shawshank Redemption é baseado
em uma de suas obras.

Em 2000 King é o primeiro
escritor a comercializar uma obra por via digital, comprovando o potencial da
internet, sendo o livro adaptado posteriormente para o cinema.

Sem dúvida, King
continuará reinando por muito tempo, pois como ele mesmo declarou numa recente entrevista:
Há muito a ser contato ainda.



E não são poucas as novidades que vem por ai, confira as próximas produções baseadas nas obras do mestre do terror.
– Lançamento do filme A Torre Negra em 2017
– Remake do filme It – A coisa em 2017
– Remake do filme Pet Sematary (Cemitério Maldito), sem data de lançamento
Mr Mercedes – A Série, sem data de lançamento
The Mist (O Nevoeiro) – A Série, sem data de lançamento
The Stand (A Dança da Morte) – A Série, sem data de lançamento



TRAILERS 













Gostou? Já assistiu algum?

Comente!

Compartilhe 🙂


Deixe uma resposta