Uma Hollywood à la Ryan Murphy (2020, de Ryan Murphy e Ian Brennan)

Localizado em Los Angeles, na Califórnia, o distrito Hollywood começou a ter notoriedade em 1912, quando cineastas estadunidenses estavam em busca de um lugar mais barato, com luz natural e belas paisagens para gravar seus projetos. Desde então, principalmente após a Segunda Guerra Mundial, o distrito passou a ser conhecido como Dreamland (Terra dos Sonhos) por abrigar diversos estúdios cinematográficos e seus astros e estrelas. Firmando-se como indústria, o nome Hollywood passa a representar muito mais que um pedaço de terra.

No geral, essa indústria apresenta
grandes feitos desde o início do século XX e é responsável por moldar muitos
dos paradigmas, estereótipos e gêneros cinematográficos que existem no nosso
imaginário popular. Mas e se, em certos aspectos, a história da considerada
mais antiga indústria cinematográfica do mundo tivesse sido diferente?





Essa é a proposta da nova minissérie
de Ryan Murphy e Ian Brennan intitulada Hollywood, a segunda produção da dupla em
parceria com a Netflix (a primeira é The Politician). Sobretudo, a minissérie
pode ser considerada uma homenagem à grande história dessa indústria, mas não
deixa de criticar a falta de representatividade e o preconceito escancarado nos anos 50, quando Hollywood
vivia sua chamada Era de Ouro.

Em 7 episódios vemos a realidade
se misturar com a ficção através das histórias de um grupo de artistas que
sonha em entrar para a mágica indústria do cinema. Temos Jack Castello (David
Corenswet) e Rock Hudson (Jake Picking), que querem ser atores famosos. O
roteirista Archie Coleman (Jeremy Pope), que sabe que suas chances na indústria
são quase nulas pelo fato dele ser negro e gay. A atriz Camille Washington (Laura
Harrier) que só consegue papéis de empregada doméstica por conta de sua cor. E
o diretor Raymond Ainsley (Darren Criss) que está em busca de uma história
diferente e representativa para dirigir.

O destino de todos eles se encontram na grande Ace Pictures, o maior estúdio de cinema de Hollywood, na série.
Comandado pelo conservador Ace Amberg (Rob Reiner) que só pensa na parte
financeira, o nosso grupo de artistas enfrenta dificuldades dentro e fora do
estúdio para alcançar seus sonhos.



Elenco principal de Hollywood


O roteiro foi escrito por 5
pessoas, incluindo Murphy e Brennan, e é claramente inspirado em fatos e
pessoas reais, em situações que poderiam ter sido lidadas de maneiras
diferentes. A maioria dos personagens possuem arcos interessantes que são
essenciais para o andamento da minissérie. Porém, não podemos deixar de criticar
certas facilidades, principalmente nos episódios finais, que poderiam até passar despercebidas, não fosse a
quantidade excessiva. Algo que parece ser comum nas produções de Murphy.

Outra coisa que pode parecer
comum é o elenco, principalmente se você acompanha os trabalhos de Murphy e
Brennan. Darren Criss é figurinha repetida que completa álbum, sempre apresentando
uma ótima performance quando trabalha com essa dupla. Já David Corenswet é mais
recente, ele aparece em The Politician como River Barkley, e em Hollywood
interpreta muito bem um dos personagens principais. A surpresa no elenco é o ator Jim
Parsons, de The Big Bang Theory, no papel do asqueroso agente de talentos Henry
Willson. Ah, também tem uma participação especial da Queen Latifah em um papel
bem importante.



Darren Criss, Jeremy Pope, David Corenswet e Jake Picking

Entretanto, o destaque da minissérie com certeza é a produção. Construir uma Hollywood dos anos 50 não deve ter sido fácil e os detalhes são perceptíveis durante todos os episódios. Desde os cenários ao figurino e maquiagem, absolutamente tudo nos coloca dentro do espaço-tempo daquela época de forma magnifica, porém sútil.


Com uma narrativa interessante e cheia de insights sobre uma indústria que poderia ter se esforçado mais para ser a mudança necessária no mundo do cinema, Hollywood traz ideias e desejos do que seria a terra dos sonhos para muitos, inclusive seus próprios criadores. A minissérie é uma opção muito boa para quem gosta e quer saber mais sobre os bastidores do cinema, além de ser um ótimo entretenimento nessa quarentena.






Título Original: Hollywood

Direção: 
Janet Mock, Michael Uppendahl, Daniel Minahan, Ryan Murphy e Jessica Yu


Episódios: 7

Duração: 50 minutos 

Elenco: David Corenswet, 
Jake Picking, Jeremy Pope, Laura Harrier, Darren Criss, Rob Reiner, Joe Mantello, Holland Taylor, Samara Weaving, Jim Parsons e outros.


Sinopse: 
Hollywood acompanha um grupo de aspirantes a atores e cineastas em Hollywood após a Segunda Guerra Mundial, enquanto tentam chegar a Tinseltown – não importa o custo. Cada personagem oferece uma visão única por trás da cortina dourada da Era de Ouro de Hollywood, destacando os sistemas injustos e preconceitos de raça, gênero e sexualidade que continuam até hoje.



Trailer:

Você já conferiu a nova produção de Murphy? Se sim, conte-nos o que você achou. Não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais 🙂

Deixe uma resposta