TOP 10: Os Melhores Filmes de Christopher Nolan Segundo o Metacritic


O Metacritic sem
dúvidas é um dos sites mais respeitados pelo público em questões de crítica de cinema, já
que sua nota, ou melhor, seu Metascore é
baseado apenas nas notas dos críticos, que no geral, são dos EUA.

Já Christopher Nolan é um dos diretores mais aclamados pelo
público, possuindo uma legião de fans, principalmente pela sua trilogia Batman. Já pelos críticos em suma são divididos, todos sabem da qualidade do
diretor, mas nem sempre concordam com a qualidade de alguns dos seus trabalhos.

Dito isso, aqui vai o TOP 10 dos melhores filmes de
Christopher Nolan segundo o
Metacritic.

10º – Following (1998).


Um jovem escritor (Jeremy Theobald) vive pelas ruas de
Londres observando e escrevendo sobre estranhos transeuntes. Um dia, ele se
depara com Cobb (Alex Haw), um ladrão audacioso que o convence a invadir o
apartamento de uma mulher. Intrigado cada vez mais pela história de Cobb, e sua
vida repleta de adrenalina, Bill perde o controle sobre sua falta de
envolvimento e torna-se parte da história.

Baseado
em 11 críticas tem 60 no 
Metascore e foi o primeiro filme da carreira de Christopher Nolan, desde
então apresentando sua narrativa não-linear, que ainda o rendeu 5 prêmios e
outras 4 indicações. 

9º – O Grande Truque
(2006).


No século 19, em Londres, dois amigos ilusionistas e
mágicos, Alfred Borden (Christian Bale) e Rupert Angier (Hugh Jackman), acabam construindo uma rivalidade, uma
batalha por supremacia, que se estende ao longo dos anos e que se transforma em
obsessão, cujos resultados serão inevitavelmente trágicos.

Baseado
em 36 críticas tem 66 no 
Metascore e é tido como “visualmente deslumbrante e surpreendentemente
inteligente”, “absurdo”, “não é arte, mas uma grande obra”. Foi indicado ao
Oscar de Melhor Fotografia e de Melhor Direção de Arte, além de outros 36 prêmios.

8º – Batman Begins (2005).


O jovem Bruce Wayne (Christian Bale) viaja para o Extremo Oriente, onde
recebe treinamento em artes marciais do mestre Henri Ducard (Liam Neeson), um membro da
misteriosa Liga das Sombras. Quando Ducard revela que a verdadeira proposta da
Liga é a destruição completa da cidade de Gotham, Wayne retorna à sua cidade
com o intuito de livrá-la de criminosos e assassinos. Com a ajuda do mordomo
Alfred (Michael Caine) e do expert Lucius Fox (Morgan Freeman), nasce Batman.

Baseado
em 41 críticas tem 70 no 
Metascore e é tido como  “ótimo”, “real”,
“excitante, reverente e brilhante”, “tecnicamente impressionante”, “surpreendente,
inteligente, melancólico e espiritual”. Foi indicado ao Oscar de Melhor
Fotografia, além de outros 71 prêmios.

7º – A Origem (2010).

Don Cobb (Leonardo DiCaprio) é um ladrão que invade os sonhos das pessoas e
rouba segredos do subconsciente. As habilidades especiais de Cobb fazem com que
ele seja procurado pelo mundo da espionagem empresarial, custando tudo o que
ama. Cobb recebe uma missão impossível: plantar uma ideia na mente de uma
pessoa. Se for bem-sucedido, será o crime perfeito, mas um amigo prevê todos os
passos de Cobb.

Baseado
em 42 críticas tem 74 no 
Metascore e é tido como “quebra-cabeça metafísico e metafórico”, “obra-prima
disfarçada de blockbuster”, “original”, “ambicioso”, “tremendamente emocionante”,
“fascinante, transportador e indescritível”. Faturou 4 Oscars, sendo o de
Melhores Efeitos Visuais, Melhor Fotografia, Melhor Edição de Som e de Melhor
Mixagem de Som. Além, de mais de 200 indicações e 150 prêmios, sendo um dos
filmes mais fascinantes já feitos, segundo a crítica especializada.

6º – Interestelar (2014).


As reservas naturais da Terra estão chegando ao fim e um
grupo de astronautas recebe a missão de verificar possíveis planetas para
receberem a população mundial, possibilitando a continuação da espécie. Cooper (Matthew McConaughey
) é chamado para liderar o grupo e aceita a missão sabendo que poderá nunca mais
ver os filhos. Ao lado de Brand (Anne Hathaway), Jenkins (Wes Bentley) e Doyle (Marlons Sanders), ele seguirá em busca de um
novo lar.

Baseado em 46 críticas tem 74 no Metascore e é tido como “nervoso, deslumbrante, esperançoso e doloroso”, “bonito e épico”, “uma das experiências mais emocionantes desse século”, “inteligente”, sendo um dos filmes mais aclamados pelo público de Nolan. Ganhador do Oscar de Melhores Efeitos Visuais obteve mais de 140 indicações, além de outros 40 prêmios.


5º – Insônia (2002).


Enviado para investigar o assassinato de uma adolescente em
uma cidadezinha do Alasca, um policial acidentalmente atira em seu colega
enquanto tenta prender um suspeito. Em vez de admitir sua culpa, ele recebe um
álibi inesperado, mas isso só o leva a sentir mais culpa pela morte de seu
parceiro. Agora, além de ter de solucionar o caso da morte da adolescente, o
policial se vê forçado a lidar com seus sentimentos e com chantagens que
aparecem em seu caminho.

Baseado
em 36 críticas tem 78 no 
Metascore e é tido como “um remake que realmente é melhor que o original”, “tenso
e fantástico”, “inteligente e fascinante”. É o 3º filme da carreira de Nolan,
na qual o rendeu o prêmio de Melhor Diretor Britânico do Ano segundo o ALFS Award.

4º – Batman: O
Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012).


Após ser culpado pela morte de Harvey Dent (Aaron Eckhart) e passar de herói
a vilão, Batman (Christian Bale) desaparece. As coisas mudam com a chegada de uma ladra
misteriosa, a Mulher-Gato (Anne Hathaway), e Bane (Tom Hardy), um terrorista mascarado, que fazem Batman
abandonar seu exílio forçado.

Baseado em 45 críticas tem 78 no Metascore e é tido como “triunfo cinematográfico, cultural e pessoal”,
“um espetáculo”, “potente, persuasivo e hipnótico”, “um espetáculo inteligente”,
“absurdo”. Ganhou 38 prêmios além de uma indicação ao BAFTA, e, para muitos, um
ótimo encerramento para a trilogia Batman de Nolan.

3º – Amnésia (2001).


Leonard (Guy Pearce) está caçando o homem que estuprou e matou sua
esposa. Ele tem dificuldades em encontrar o assassino pois sofre de uma forma
intratável de perda de memória. Mesmo que ele possa lembrar detalhes da vida
antes do acidente, Leonard não consegue lembrar o que aconteceu quinze minutos
atrás, onde está indo ou a razão.

Baseado em 34 críticas tem 80 no Metascore e é tido como “obra única”, “suspense existencial”, “um
filme duro e brilhante”, “provocativamente estruturado e emocionalmente
executado”, “inesquecível”. Ganhou mais de 50 prêmios e como 2º filme na
carreira de Nolan o lançou de vez como um diretor brilhante. 

2º – Batman: O
Cavaleiro das Trevas (2008).


Com a ajuda de Jim Gordon (Gary Oldman) e Harvey Dent (Aaron Eckhart), Batman tem mantido a
ordem na cidade de Gotham. Porém quando um jovem criminoso, que se chama
Coringa (
Heath Ledger), aparece e arma na cidade um verdadeiro caos, Batmam precisa encontrar
uma maneira de detê-lo antes que mais vidas sejam perdidas.

Baseado em 39 críticas tem 82 no Metascore e é tido como “o melhor filme adaptado dos quadrinhos”, “um
entretenimento pop realmente inteligente”, “melhor filme de super-herói”, “sensacional”
em sua época de lançamento, surpreende em manter as mesmas qualificações até
hoje, quase 10 anos depois do seu lançamento. Ganhador do Oscar de Melhor Ator
Coadjuvante para o presunto Heath Ledger como Coringa e do Oscar de Melhor
Edição de Som.  Possui mais de 150 prêmios, além de aclamação da crítica e público por trazer  um dos melhores, se não o melhor, Coringa de
todos os tempos.

1º – Dunkirk (2017).


Na Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de
Dunquerque, soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são
rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados durante uma feroz batalha
no início da Segunda Guerra Mundial. A história acompanha três momentos
distintos: uma hora de confronto no céu, onde o piloto Farrier (Tom Hardy)
precisa destruir um avião inimigo, um dia inteiro em alto mar, onde o civil
britânico Dawson (Mark Rylance) leva seu barco de passeio para ajudar a
resgatar o exército de seu país, e uma semana na praia, onde o jovem soldado
Tommy (Fionn Whitehead) busca escapar a qualquer preço.

Baseado em 52 críticas tem 94 no Metascore e é tido como “um clássico de boa fé”, “um épico íntimo”,
“extraordinário”, “um dos melhores filmes de guerra já feitos”, “sucesso
espetacular, emocional e visual”, “pura arte” e “obra-prima impressionista”,
não está apenas com 94 no Metascore, mas como 2º melhor filme do ano e 35º de
todos os tempos, segundo o
Metacritic. 

Esses também foram os únicos filmes em que Christopher Nolan dirigiu, tendo apenas participações em outros 3: O Homem de Aço (como Produtor e Roteirista), Transcendente: A Revolução (como Produtor Executivo) e Batman vs Superman: A Origem da Justiça (Produtor Executivo). 

No total de seus trabalhos ele tem um Metascore de 69, mas 75,6 apenas pelos filmes dirigidos.

E aí, gostou desse especial de um dos diretores mais amados pelo público? Agradecemos a leitura e se possível comente o que achou, além de algumas dicas. 😀 

Deixe uma resposta