Crítica: Milagres do Paraíso (2016, Patricia Riggen)

Na aposta de novo sucesso Gospel do ano, chega aos cinemas ‘Milagres do Paraíso’, baseado no livro ‘Three Miracles From
Heaven’, escrito pela mãe, Christy Beam.

De início, somos apresentados a família de Christy,
interpretada pela bela atriz Jennifer Garner, que vive uma vida pacata ao lado de seu marido e suas 3 filhas em uma casa (fazenda) no Texas.
Após uma delas, Annabel, Kylie Rogers, de 10 anos, ser diagnosticada com uma
doença rara, Christy se desespera, e passa a lidar com as adversidades, orando
pra que Deus cure sua filha. Todavia, sem obter respostas imediatas, ela
questiona sua fé, e decide se afastar da Igreja, por conta de um grupo de irmãs
que acham que ela e seu marido sejam os culpados pelo estado de Anna.

Até que um dia, quando estavam brincando, Anna e sua irmã
Abbie, Brighton Sharbino, sobem em uma árvore gigante, mas de repente, Anna
cai de uma altura de cerca de 3 andares, de cabeça, dentro do tronco. Os
bombeiros levaram horas para retirar a menina de dentro da árvore, e o que
aconteceu depois deixou os médicos perplexos: a menina não sofreu nenhuma
fratura, apenas arranhões leves.

O que aconteceu a seguir deixou especialistas ainda mais
surpresos, pois desde os 5 anos, Annabel sofria de uma doença gastrointestinal
rara, que a deixava com dores constantes e a impedia de comer alimentos
sólidos. Depois do tombo, ela ficou completamente curada, e os especialistas
dizem que a ciência não consegue explicar como a menina se curou (e é aí que o
título entra).

Em conversas com a mãe, Annabel revelou que durante o tempo
em que esteve na árvore, ela foi transportada para o Paraíso. A partir daí, a vida de todos muda para sempre.

As atuações são outro destaque, em especial a da diva Queen Latifah, que interpreta Angela, uma desconhecida que surge na vida de Annabel por acaso, mas que se transforma em sua melhor amiga.

A mensagem que o filme passa é muito boa, de que nos piores
momentos, milagres acontecem. Por ser baseado em uma história
verídica, você com certeza irá rir, se emocionar e refletir depois de seu desfecho.
Nota: 8

(P.S.: recomendo são somente ao público alvo, mas para todas as idades!)
Direção: Patricia Riggen
Elenco: Jennifer Garner, Kylie Rogers, Martin Henderson,
Brighton Sharbino, Courtney Fansler, Queen Latifah, Bryce Zentkovich, Eugenio
Derbez, Kelly Collins Lintz, John Carroll Lintz, Branton Spink, Rhoda Griffis,
Erica McGee, Wayne Pére, Bruce Altman.

Roteiro: Christy Beam, Randy Brown.

Sinopse: Christy (Jennifer Garner) e Kevin Beam (Martin Henderson) são pais de três garotas: Abbie, Annabel e Adelynn (Courtney Fansler). Eles vivem em uma confortável casa, junto com com cinco cachorros, e acabam de abrir uma clínica veterinária, o que com que tivessem que apertar os cintos e hipotecar a casa. Cristãos convictos, os Beam vão a Igreja com frequência. Um dia, Annabel comega a sentir fortes dores na região do Abdômen. Após muitos exames, é constatado que a garota possui um grave problema digestivo. Tal situação faz com que Christy busque a todo custo algum meio de salvar a vida da filha, ao mesmo tempo em que se afasta cada vez mais de sua crença de Deus. É aí, que um milagre acontece.



Trailer:



Deixe seu comentário!


Deixe uma resposta