Crítica: Asas (1927, de William A. Wellman)

Lançado apenas 8 anos após o término da Primeira Guerra Mundial, Asas pode ser tachado como propagandista, porém rotulá-lo como tal seria insultar sua grandiosidade artística e sua genialidade técnica. O primeiro ganhador do Oscar de Melhor Filme conta a história de Jack e David, dois jovens que moram na mesma cidade e são apaixonados Leia mais… »

Crítica: Chicago (2002, de Rob Marshall)

Vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2003, Chicago é, sem dúvidas, um dos melhores musicais que você pode assistir. Ambientado nos anos 20, o filme conta a história de Roxie Hart (Renée Zellweger), uma aspirante a dançarina que sonha em ter seu próprio show de vaudeville. Numa certa noite, nossa protagonista é presa pelo Leia mais… »