Crítica: Bound to Vengeance (2015, de José Manuel Cravioto)

Quem não gosta de um bom filme de vingança? Eu sou um grande fã desse estilo de filmes, principalmente quando eles trazem um personagem aparentemente fraco dando a volta por cima. Gosto ainda mais quando essas produções são voltadas para o terror como fez o excelente Doce Vingança de 2010. Bound to Vengeance é uma produção italiana Leia mais… »

Crítica: Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força (2015, de J.J. Abrams)

Foi uma longa espera. Primeiramente porque o último filme da saga chegava aos cinemas em 2005, 10 anos atrás. O segundo fator é que o primeiro trailer deste novo capítulo foi lançado em Dezembro de 2014, deixando fãs em alvoroço e em espera de 1 ano. Mas chegou a hora de conferir ao filme mais Leia mais… »

Crítica: Deathgasm (2015, de Jason Lei Howden)

Os filmes que misturam comédia com terror, os chamados ‘terrir’ é um dos subgêneros mais difíceis de agradar o público mais exigente, pois, geralmente seus roteiros seguem caminhos que beiram ao ridículo com piadas pastelonas sem nenhuma graça. É extremamente difícil balancear a comédia com o terror, são poucas as produções que conseguem o mérito Leia mais… »

Crítica: Animal (2014, de Brett Simmons)

Atualmente os filmes de terror principalmente os lançados nos cinemas são os mais genéricos possíveis. A grande maioria se restringem a abordar temas sobrenaturais, como fantasmas, demônios ou possessões, e isso é claro sempre é mostrado no estilo ‘found footage’. Felizmente este Animal lançado em 2014 foge a esta regra, visto que, ele aborda o tema Leia mais… »

Crítica: Jogos Vorazes: A Esperança – O Final (2015, de Francis Lawrence) – A saga chega ao fim!

A franquia Jogos Vorazes sempre sofreu certo preconceito, devido à má fama que a saga Crepúsculo trouxe para os filmes voltados ao público adolescente. Mas contrariando esta fama, a saga se mostrou sólida, com grandes bilheterias, críticas favoráveis e fez fãs ao redor do mundo. E o grande trunfo da saga é justamente ter elementos contrários aos Leia mais… »

Crítica: Maze Runner – Prova de Fogo (2015, de Wes Ball)

Em tempos de Jogos Vorazes e Divergente, sagas adolescentes distópicas baseadas em best-sellers vem ganhando mais espaço. Em 2014 o primeiro Maze Runner – Correr ou Morrer trouxe um filme misterioso, eletrizante e bem dirigido. Agora em 2015 o cineasta Wes Ball retorna na aguardada continuação. Acontece que esta continuação acerta até sua metade, derrapando dali pro Leia mais… »

SNACK #36: Hacker (2015, de Michael Mann)

Chegamos na 36° edição das nossas críticas Snacks, críticas rapidinhas igual lanchinhos rápidos. Vamos comentar brevemente sobre um dos maiores fracassos comerciais do ano e do cinema mundial. Este Hacker foi um dos filmes mais mal sucedidos já feito, já que custou altos 70 milhões (valor elevado para filmes de ação mais simples), porém nem Leia mais… »