Considerações sobre o Oscar 2014




Mesmo atrasado, vou fazer meus breves comentários da edição 2014 do Oscar. Foi um ano nada inovador e sem surpresas, além de algumas polêmicas decepcionantes. Começando pelo fato da desclassificação da canção Alone Yet Not Alone na categoria de Melhor Canção Original. A canção pertence a um desconhecido filme independente de mesmo nome.O motivo seria um dos autores da música usar sua influência de ex-chefe do comitê para a indicação. Outra polêmica mais recente foi o fato de pelo menos 2 votantes da academia admitirem terem votado mesmo sem terem visto o filme vencedor 12 Anos de Escravidão. Fica cada vez mais provado que o maior e mais esperado prêmio do cinema é pura política e favoritismo. O prêmio máximo do cinema hoje em dia é o menos justo ou correto. Diversas premiações pré-Oscar, como os festivais de Sundance, Cannes, Veneza e o Globo de Ouro mostram-se mais surpreendentes e cativantes para os cinéfilos. Esses sim ainda transmitem credibilidade.


Sobre os prêmios em si, poderia dizer que acertei os palpites de quase todas categorias. A única categoria que errei dentre as principais foi o prêmio que eu mais torcia. Torcia e apostava em A Caça (Dinamarca) para Melhor Filme Estrangeiro, mas quem levou foi o poético A Grande Beleza (Itália). Mesmo assim, A Caça segue para mim como o melhor filme de 2013. Vale ressaltar que mesmo não gostando da cerimônia em si, gostei da maior parte dos resultados, que foram ao menos justos. Fiquei feliz de ver O Grande Gatsby levando duas estatuetas muito merecidas (Melhor Figurino e Melhor Design de Produção), gostei de Gravidade ter levado Melhores Efeitos Visuais e gostei muito da dobradinha Matthew McConaughey e Jared Leto levando os prêmios de melhor performance masculina, tanto do protagonista como do coadjuvante – pelos seus belos trabalhos em Clube de Compras Dallas.

E só para encerrar meus comentários, a queridinha Jennifer Lawrence caiu de novo. De novo? Segundo Jared Leto, é uma maneira dela permanecer nos holofotes. Eu acho que não, mas também não duvido. Ao menos espero que a moça não se venda aos escândalos da fama, e que permaneça escolhendo bons papéis em ótimos filmes. A garota tem talento e isto é inegável. Bem, vamos aos vencedores:



Melhor Filme:
Trapaça
Capitão Phillips
Clube de Compras Dallas
Gravidade
Ela

12 Anos de Escravidão
Nebraska
Philomena
O Lobo de Wall Street


Melhor Diretor:

David O. Russell – Trapaça
Steve McQueen – 12 Anos de Escravidão
Martin Scorsese – O Lobo de Wall Street
Alexander Payne – Nebraska
Alfonso Cuarón – Gravidade


Melhor Roteiro Adaptado:

Antes da Meia-Noite
Capitão Phillips
12 Anos de Escravidão
Philomena
O Lobo de Wall Street






Melhor Roteiro Original:

Trapaça
Blue Jasmine
Clube de Compras Dallas
Ela
Nebraska


Melhor Ator:

Matthew McConaughey – Clube de Compras Dallas
Christian Bale – Trapaça
Bruce Dern – Nebraska
Leonardo DiCaprio – O Lobo de Wall Street
Chiwetel Ejiofor – 12 Anos de Escravidão

Melhor Atriz:


Amy Adams – Trapaça
Cate Blanchett – Blue Jasmine

Sandra Bullock – Gravidade
Judi Dench – Philomena
Meryl Streep – Álbum de Família

Melhor Atriz Coadjuvante:

Lupita Nyong’o – 12 Anos de Escravidão
Sally Hawkins – Blue Jasmine
Jennifer Lawrence – Trapaça
Julia Roberts – Álbum de Família
June Squibb – Nebraska

Melhor Ator Coadjuvante:

Barkhad Abdi – Capitão Phillips
Bradley Cooper – Trapaça
Jared Leto – Clube de Compras Dallas

Michael Fassbender – 12 Anos de Escravidão
Jonah Hill – O Lobo de Wall Street

Melhor Figurino:

Trapaça
O Grande Mestre
The Invisible Woman
12 Anos de Escravidão
O Grande Gatsby

Melhor Maquiagem e Cabelo:

Clube de Compras Dallas
Vovô Sem-Vergonha
O Cavaleiro Solitário


Melhor Animação em Curta-Metragem
:

FeralGet a Horse!
Mr. Hublot
Possessions
Room on the Broom


Melhor Longa de Animação
:

Frozen – Uma Aventura Congelante
Os Croods
Meu Malvado Favorito 2
Ernest & Celestine
The Wind Rises









Melhores Efeitos Visuais
:

O Hobbit – A Desolação de Smaug
Gravidade
Homem de Ferro 3
O Cavaleiro Solitário
Star Trek – Além da Escuridão

Melhor Curta-Metragem:

Aquel No Era Yo (That Wasn’t Me)
Avant Que De Tout Perdre (Just Before Losing Everything)
Pitääkö Mun Kaikki Hoitaa? (Do I Have to Take Care of Everything?)
The Voorman Problem
Helium

Melhor Documentário em Curta-Metragem:

CaveDigger
Facing Fear
The Lady in Number 6: Music Saved My Life
Karama Has No Walls
Prison Terminal: The Last Days of Private Jack Hall


Melhor Documentário em Longa-Metragem
:

The Act of Killing
Cutie and the Boxer
Dirty WarsThe Square
20 Feet From Stardom

Melhor Longa Estrangeiro:

A Grande Beleza
The Broken Circle Breakdown
A Caça
The Missing Picture
Omar


Melhor Mixagem de Som
:

Capitão Phillips
Gravidade
O Hobbit – A Desolação de Smaug
Inside Llewin Davis: Balada de um Homem Comum
O Grande Herói

Melhor Edição de Som:

Até o Fim
Capitão Phillips
O Hobbit – A Desolação de Smaug
Gravidade
O Grande Herói

Melhor Fotografia:

O Grande Mestre
Gravidade
Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum
Nebraska
Os Suspeitos

Melhor Montagem:

Capitão Phillips
Trapaça
Gravidade

Clube de Compras Dallas
12 Anos de Escravidão

Melhor Design de Produção:

O Grande Gatsby

Trapaça
Gravidade
Ela
12 Anos de Escravidão

Melhor Trilha Sonora:

A Menina que Roubava Livros
Ela
Gravidade
Philomena
Walt nos Bastidores de Mary Poppins

Melhor Canção Original:

“Happy” – Meu Malvado Favorito 2
“Let it Go” – Frozen – Uma Aventura Congelante
“The Moon Song” – Ela
“Ordinary Love” – Mandela







Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta